JOGO 1 – HORNETS 109 @ 100 LAKERS

Surpeendendo a todos, o Hornets não só ganhou a primeira partida da série, fora de casa, como jogou muito bem, anulando completamente os pontos fortes do adversário. Gasol terá pesadelos com Gray, Fisher ainda não sabe onde está CP3 e Bryant… bom… esse foi abandonado por seu time no Staples. BEAT L.A.

WHERE CP3 HAPPENS

– O Jogo

Começando arrasador tanto na defesa como no ataque, o Hornets conseguiu supreender no início e abrir 12 x 4 no placar. Porém, o Lakers se recuperou rapidamente encontrando bons chutes de Fisher e virando o jogo nos contra-ataques. Kobe Bryant era bem marcado por Ariza, anulando-o completamente. Na sequência, Okafor e Bynum cometeram suas 2ª faltas no jogo, dando lugar para Gray e Odom, respectivamente. Se acalmando no ataque e aplicando uma defesa fortíssima pra cima de Bryant, o Hornets voltou a liderar o marcador: 19 x 17. No minuto final, a diferença foi ampliada ainda mais 26 x 20. Mesmo assim, com duas cestas seguidas, o Lakers diminuiu a desvantagem para 2. Placar parcial: Hornets 26 x 24 Lakers.

Voltando ainda melhor para o segundo quarto, com um garrafão composto por Jason Smith e o ex-Laker DJ Mbenga, o time de New Orleans abriu uma sequência de 7-0, com Jarrett Jack cavando uma falta para 3 FTs, mas acertando apenas um. Seguindo com uma marcação forte, a vantagem ia se mantendo, com apenas Bryant passando a se destacar e o único a pontuar por prate de LA. Jack fazia um jogo sensacional, pontuando e dando belas assistências. Gasol era outro que sofria com a marcação, conseguindo apenas 2 pontos até o momento. Já na defesa, o Lakers passava trabalho em parar até mesmo Aaron Gray e a vantagem voltou a dígitos duplos. Nos segundos finais, CP3 e Bryant fizeram mágica, com 2 bolas de 3 sensacionais. Assim o Hornets manteve uma boa vantagem de 8 pontos, mas ainda seguia como “zebra”. Placar parcial: Hornets 55 x 47 Lakers.

O segundo tempo começou com a pane de sempre por parte do Hornets, deixando o lakers abrir 7-0. Porém, surpreendemente o time reagiu bem, conseguindo retomar sua vantegm de 8 pontos, com Landry jogando demais. A partir daí, com o Lakers mal, Kobe com alguma ajuda da arbitragem passou a chamar a responsabilidade e empatou o jogo praticamente sozinho. Paul era outro com uma bela partida, respondendo aos inúmeros FTs que Kobe conseguia. Na última jogada, CP3 cavou uma falta mas errou os 2 FTs, porém o Hornets ainda sustentava uma vantagem de 1 ponto para o período fianl. Situação complicada. Placar parcial: Hornets 73 x 72 Lakers.

Novamente bem no início do período, o Hornets conseguia se manter à frente. Gray e Jack tinham ótimas atuações também, liderando as abelhas no quarto. Mesmo com dificuldades ofensivas, o time cavava muitas faltas, pontuando desse modo e minando o Lakers psicologicamente. Kobe seguia fazendo suas mágicas, porém seus companheiros jogavam muito mal no geral. O jogo foi tomado de faltas e seriam os 5 minutos mais longos da temporada para o Hornets. CP3, diferente dos últimos jogos da temporada, jogava como o verdadeiro MVP de 2008, Fisher não sabia o que fazer. Continuando com uma atuação espetacular, umas das melhores da temporada, o Hornets abria vantagem e “aborrecia” o Lakers, que via tudo dar errado. Com um minuto no relógio, a diferença entre os times era de 12 pontos. Porém, Gray torceu o tornozelo e teve que sair de quadra. A preocupação maior era com o próximo jogo, este já estava ganho. Placar final: Hornets 109 x 100 Lakers.

– Destaques:

*Hornets: 3 TO

– Chris Paul: 33 pts, 14 ast, 7 rebs, 4 stl;

– Aaron Gray: 12 pts, +/- +25

– Jarrett Jack: 15 pts, 5 ast;

– Carl Landry: 17 pts, 5 rebs;

*Lakers: 13 TO

– Kobe Bryant: 34 pts;

– Andrew Bynum: 13 pts, 9 rebs;

– Ron Artest: 16 pts, 11 reb;

– Público: 18,997

– JOGO 2: quarta-feira, 20/04/11, @ Lakers

FOTOS:

Anúncios

Sobre Rafael Bittencourt

Gaúcho, 19 anos, estudante de Engenharia de Computação. Torcedor do Hornets desde 2007, atraído pelas atuações do MVPaul. Através de pesquisas e vídeos, tem David West como ídolo e como maior nome da história da franquia.
Esse post foi publicado em Resumo e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para JOGO 1 – HORNETS 109 @ 100 LAKERS

  1. Rodrigo Goulart disse:

    GO HORNETS !!!
    BEELIEVE IN BLUE !

  2. Samuel Park disse:

    Parabéns pelo resumo Rafa!
    Putz, boa demais essa vitória!!!!!!
    Se o time continuar nessa pegad agente passa do Lakers!! E essa foto do Kobe no chão eh impagável kkkkkkkkkkkk

    GO HORNETS!!!!! BEAT LA!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s