RESUMO – HORNETS 81 X 93 GRIZZLIES

Em mais um jogo decisivo, o Hornets dessa vez não conseguiu bater o adversário direto. A derrota para o Grizzlies, deixou os dois times empatados com a mesma campanha (43-33), adiando cada vez mais a decisão pelas últimas vagas do Oeste.

– O Jogo

Já acostumados com seus desfalques, Rudy Gay e David West, os dois times sabiam da importância do jogo. Conley conseguia uma boa atuação nos primeiros minutos, diferente dos outros duelos contra o Paul. As duas defesas prevaleciam, mas a vantagem física do Grizzlies fez com que o time ficasse com a liderança no placar. Com apenas 6 pontos depois de 7 minutos de jogo, o ataque era claramente o problema do Hornets no jogo mais uma vez. Além disso, o Grizzlies passou a acertar na pontuação, abrindo cedo uma diferença de 11 pontos. A partida seguia nesse contexto, com Landry anotando o seu 6º ponto no jogo e reduzindo o prejuízo para 8. Contudo, Mayo, na jogada final, marcou seus 3 primeiros pontos: 23 x 12.

O Hornets começou o segundo quarto disposto a reduzir a diferença. Com Jack, Green e Belinelli em quadra, o time adotou a formação mais leve para tentar ganhar na velocidade. A princípio, a mudança deu resultado, com 5 pontos rápidos de Belinelli e Green. Porém, o time continuava vacilando demais ofensivamente e, assim, dependia muito da defesa para se manter vivo no jogo. Com Randolph de volta, o placar logo voltou aos 10 pontos a favor do time visitante. Com apenas 5 minutos jogados e 14 pontos atrás, CP3 foi obrigado a voltar para quadra e tentar alguma de suas mágicas, só isso salvaria. Landry fazia uma boa partida, 14 pontos, mas a diferença em termos de rebotes (28 x 19 para o Grizzlies), tornava impossível uma reação. No fim, atingindo finalmente um desempenho bom no jogo, o Hornets conseguiu reduzir sua desvantagem para 10, com Paul errando um FT inclusive. Porém, para esfriar de vez a reação, Gasol, com 1 segundo no relógio, acerta uma bola de 3 improvável. Placar parcial: 51 x 38. Situação complicada para o Hornets.

Já no início da segunda etapa, o Hornets conseguiu botar fogo no jogo novamente com 2 bolas de 3 seguidas de Ariza e Belinelli. Mesmo com erros ofensivos, a defesa havia melhorado em muito, e o Grizzlies já sofria para pontuar. Apesar do esforço, a desvantagem seguia grande, variando de 8 a 10. Além da dificuldade em quadra, o Hornets sofria com problemas de faltas, Landry e Okafor já tinham 4 e 3, respectivamente. Faltando cerca de 3 minutos para o fim do período, Randolph marcou seu 19º ponto, garantindo uma tranquila liderança de 14 pontos. No minuto final, Belinelli ainda fez mais 3 pontos, deixando o placar em 71 x 61. Difícil ainda, mas possível.

OJ Mayo começou com tudo o último período, marcando logo 5 pontos e dando uma assistência nos três primeiros ataques. Desse jeito, o tempo ia passando e a diferença seguia em dígitos duplos. Com CP3 em quadra, o Hornets ainda tentou uma reação final, mas logo foi frustrada por cestas Gasol e Randolph. Placar Final: 93 x 81.

 – Destaques:

*Hornets:

-> Carl Landry: 19 pts;

-> Marco Belinelli: 14 pts;

*Grizzlies:

-> Zach Randolph: 28 pts, 10 reb, 7 ast;

-> Tony Allen: 17 pts;

– Público: 16,561

– Próximo jogo do Hornets: domingo, 03/04/11, vs Pacers

Anúncios

Sobre Rafael Bittencourt

Gaúcho, 19 anos, estudante de Engenharia de Computação. Torcedor do Hornets desde 2007, atraído pelas atuações do MVPaul. Através de pesquisas e vídeos, tem David West como ídolo e como maior nome da história da franquia.
Esse post foi publicado em Resumo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s