RESUMO : SUNS 100 X 106 HORNETS

Demonstrando um pouco do que somos capazes de fazer até mesmo sem David West, que como todos já sabem está fora da temporada, se superando com muita garra e raça, o New Orleans Hornets foi até o Arizona, e ”se vingou” do Phoenix Suns. O próximo desafio do Hornets, é, para muitos, o time mais dificil de ser batido da liga, o poderoso Los Angeles Lakers, domingo, no Staples Center.

– O jogo :

A partida começou com os dois times errando muitos arremessos, deixando um placar baixo até a metade do período. A falta que West faz era evidente, mas Landry compensava no esforço e na boa marcação. A partir dos 6 minutos no relógio, o Suns, liderado por Grant Hill, passou a acertar várias bolas de 3, estabelecendo uma vantagem no marcador. O FG% do Hornets chegou aos 21%, e o Suns parecia ser “senhor” do jogo. No fim, porém, Green conseguiu reduzir um pouco essa diferença, 27 x 21 para o Suns.

Iniciando o segundo quarto 7 pontos atrás, o Hornets começou melhor, deixando a vantagem em apenas 3 pontos, depois de boas jogadas de Carl Landry e Quincy Pondexter : 32 x 29. Mas com uma bola de 3 de Aaron Brooks, os Suns tentavam desgarrar um pouco. Mas a equipe de New Orleans não deixava e Jarret Jack deixou a vantagem em apenas 2 pontos : 36 x 34. Com Warrick e Brooks jogando bem, os Suns chegaram a abrir 8 pontos na frente. Defesa dos Hornets não funcionava : 44 x 36. E acertando 75% dos arremessos de 3, a vantagem só aumentava : 51 x 42 para a Franquia do Arizona. Depois de um toco sensacional de Okafor, o Hornets tentava uma reação, mas estava complicado. A vantagem de 10 caia pra 7, 6 pontos, mas a defesa de New Orleans ainda estava deixando a desejar. Depois de um Turnover ridiculo de Steve Nash, e dois ataques certeiros, um de Andersen e outro de Paul, o New Orleans Hornets foi para o vestiario 6 pontos atrás, 56 x 50.
O terceiro quarto se iniciou melhor para a equipe da Lousiana, que logo deixou a vantagem dos Suns em apenas 1 ponto : 61 x 60. Mas rapidamente, com trocas de cestas, os Suns abriram 5 pontos na frente, depois de ótimas jogadas de Jared Dudley e Grant Hill : 71 x 66. Mas o Hornets não desistia, e com uma bola de 3 de Trevor Ariza, a vantagem da equipe dos Suns era de apenas 2 pontos : 73 x 71. O Hornets ia melhorando, equilibrando a partida de vez, ainda mais que Marcin Gortat foi para os vestiários depois de literalmente bater cabeça com Steve Nash, e aliás ele quebrou o nariz. Mas com uma boa jogada, Aaron Brooks fez a última cesta do quarto : 78 x 73 Suns.

O derradeiro periodo começou com Jarret Jack e Willie Green fazendo duas lindas jogadas, a vantagem dos Suns caiu pra 2 pontos : 80 x 78. Mas com Brooks metendo uma bola de 3 e depois Dudley com uma jogada de 2 pontos, a vantagem subiu rapidamente para 85 x 78. Mas com Jack e Green muito bem, e Gray dando tocos na defesa, o Hornets encostou de novo : 85 x 83. E depois de duas lindas jogadas, CP3 virou a partida, colocando 87 x 85. Dai a partida começou a ter várias trocas na liderança do placar. Paul, Ariza e Jack iam jogando muito pelo lado dos Hornets, com até pontes-aereas, e Aaron Brooks, Frye e Hill iam segurando as pontas pelo lado do Arizona. Com uma bola de 3 de Jarret Jack, o Hornets abriu 98 x 96, faltando 2 minutos. Com uma linda jogada de CP3, o Hornets abriu 4 pontos, depois de um jump de Hakkim Warrick : 102 x 98, faltando cerca de 50s para o final. Depois Dudley, que mais uma vez jogou muito contra o Hornets, acertou 2 FT, deixando a partida 102 x 100. Depois de Ariza errar uma bola de 3, e CP3 lutar contra 3 adversários, Emeka Okafor acertou uma bandeja, faltando 26s para terminar : 104 x 100. Para completar, depois de um steal, Willie Green fechou a partida. Vitória do New Orleans Hornets por 106 x 100.


DESTAQUES :

– Hornets :

– Chris Paul : 22 pontos, 10-16, 7 ast. , 5 rebotes.
– Carl Landry : 19 pontos, 8-16, 6 rebotes, 3 stl.
– Trevor Ariza : 16 pontos, 5 rebotes
– Jarret Jack : 17 pontos, 5 ast.
– Willie Green : 15 pontos.

– Suns :

– Aaron Brooks : 15 minutos, 17 pontos, 7-9
– Grant Hill : 18 pontos
– Marcin Gortat : 18 pontos, 10 rebotes.
– Jared Dudley : 17 pontos, 8 rebotes.

Attendance : 18,422

Próximo jogo do NOLA : domingo, dia 27/03 @ Lakers.

Anúncios

Sobre Rodrigo Goulart

Carioca, 18 anos, estudante. Mora em Volta Redonda, RJ. Torce pelo Hornets desde 2002, por ai, época de Jamal Mashburn, P.J Brown, Baron Davis, David Wesley & cia. Por videos, seu jogador preferido que já passou pelo Hornets é Glen Rice, seguido do Larry Johnson. Hoje, tem David West como seu jogador favorito.
Esse post foi publicado em Resumo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para RESUMO : SUNS 100 X 106 HORNETS

  1. Kaio disse:

    Boa time…. vitoria na raça como deve ser

    Homenagem a West

    Que venha o Lakers agora

    GO HORNETS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s