RESUMO – GRIZZLIES 91 X 98 HORNETS

Após três jogos de sofrimento, o New Orleans Hornets (36-28) voltou a dar alegria a seus torcedores. Com Chris Paul simplesmente sendo Chris Paul, o time da Louisiana conseguiu uma vitória importantíssima, por 98 a 91, sobre o rival Memphis Grizzlies (34-29), em pleno FedExForum. O resultado fez os zangões subirem para a sexta colocação na Conferência Oeste, ultrapassando o Portland Trail Blazers (34-27). Aleluia!

– O jogo:

A maré ruim que vinha tomando conta do Hornets deu o ar de sua graça antes mesmo de a bola subir, no FedExForum. Sentindo uma lesão na virilha, o ala Trevor Ariza acabou desfalcando a equipe para o jogo diante do Grizzlies. O novato Quincy Pondexter entrou em seu lugar. Outra novidade foi a presença do italiano Marco Belinelli no quinteto inicial. Willie Green, que vinha começando as últimas partidas, ficou no banco de reservas.


E você pensa que a maré ruim parou por aí? Nada disso! Logo nos minutos iniciais da partida, o ala-pivô David West machucou o tornozelo esquerdo numa disputa com Zach Randolph e saiu de quadra carregado pelos médicos. Ele não retornou. Sem seu melhor pontuador e vivendo uma péssima fase, o Hornets poderia ter sido presa fácil para o bom time do Grizzlies já no primeiro quarto. Entretanto, com 04:45 no relógio, os visitantes venciam por 15 a 11, graças a Chris Paul e Marco Belinelli, que tinham bom desempenho ofensivo. Acontece que o mesmo Belinelli errou passe infantil e foi desarmado por OJ Mayo, que colocou a equipe de Memphis na frente, com 03:27 por jogar: 18 a 15. O duelo seguiu equilibrado até o fim do primeiro período, que terminou empatado em 20 a 20.

No segundo quarto, lá foram os reservas do Hornets para a quadra. O limitado pivô Aaron Gray cometia erro atrás de erro no ataque dos zangões, e o Grizzlies soube aproveitar através de um belo arremesso de três pontos do veterano armador Jason Williams. Com 07:41 no relógio, os anfitriões venciam por 30 a 26, e o treinador Monty Williams, da equipe de New Orleans, pediu tempo técnico para evitar nova catástrofe.


Contudo, mais uma vez os jogadores do Hornets não entenderam as orientações de seu coach. Achando espaços generosos, o Grizzlies enterrava, arremessava e infiltrava com facilidade. Em uma dessas jogadas, o armador Mike Conley, livre, acertou um arremesso de três e deixou o quinteto de Memphis na frente por 7 pontos, com 05:48 por jogar: 35 a 28. Só que Jarrett Jack, que vem atuando cada vez melhor, respondeu com outra cesta de três pontos e recolocou o Hornets no páreo. Num show de arremessos de longe, OJ Mayo e Mike Conley mostraram que os donos da casa não estavam dispostos a deixar os zangões respirarem. Com pouco mais de 4 minutos no relógio, a vantagem do Grizzlies aumentou ainda mais: 43 a 31. Tudo parecia ir por água abaixo mais uma vez para o Hornets. Mas só parecia. Com uma bela corrida de 12-2, o quinteto da terra do jazz calou a torcida de Memphis e terminou o primeiro tempo empatando o duelo em 45 a 45. Destaque para os armadores Chris Paul e Jarrett Jack.

O Hornets voltou do intervalo determinado a não perder mais uma partida. Com um arremesso de três perfeito, Belinelli colocou os zangões na dianteira logo no início do terceiro quarto: 50 a 47. Desfalcado de seu principal jogador, o ala Rudy Gay (lesão no ombro), o time do Grizzlies apenas olhava Chris Paul e Marco Belinelli trucidarem sua defesa com arremessos precisos. Os zangões abriram 63 a 55, com 07:01 no relógio. Contando com uma atuação espetacular de Chris Paul (como há muito não se via), o Hornets chegou a colocar 68 a 58 no placar. No entanto, o rival de Memphis ainda não estava morto. E o pior ainda estaria por vir para a equipe da Louisiana: CP3 tentou bloquear o armador Ish Smith e saiu para o banco mancando e sentindo dores no joelho esquerdo, com 02:47 por jogar. Isso foi o suficiente para os donos da casa realizarem uma corrida de 10-0 e empatarem o jogo em 70 a 70. Fim de terceiro quarto: 72 a 72.


No último período e com Chris Paul de volta à quadra, o Hornets teria uma prova de fogo para evitar nova derrota e a queda para a oitava (e preocupante!) colocação no Oeste. Os reservas Carl Landry e Willie Green tiveram um desempenho excelente nas jogadas ofensivas e colocaram os zangões na dianteira: 89 a 83, com 04:59 por jogar. E teve mais. Jarrett Jack, com um arremesso certeiro de três pontos, com 02:52 no relógio, calou o FedExForum. Hornets na frente por 93 a 85. A tão sonhada vitória estava prestes a acontecer. Com muita luta no fim – e muita emoção também! -, os zangões aproveitaram o desespero do Grizzlies e garantiram o valioso triunfo acertando lances livres. Fim de jogo: Hornets 98 a 91. E o dia volta a nascer feliz na Louisiana.

– Destaques

* Hornets:

-> Chris Paul: 23 pts, 14 asts, 5 rbts e 2 stls;

-> Carl Landry: 14 pts, 10 rbts, 1 ast, 3 stls e 1 blk;

-> Jarrett Jack: 19 pts, 1 asts, 1 rbt, 1 stl e 1 TO;

-> Willie Green: 15 pts e 2 rbts

* Grizzlies:

-> Zach Randolph: 20 pts, 11 rbts, 3 asts e 2 stls;

-> OJ Mayo: 13 pts, 6 asts, 2 rbts, 1 stl e 1 TO;

-> Marc Gasol: 12 pts, 5 rbts, 1 ast, 1 stl e 1 TO;

-> Mike Conley: 12 pts, 3 asts, 1 rbt e 1 stl

– Público: 15.367

– Próximo jogo do Hornets: domingo, 06/03/11, @ Cleveland

Anúncios

Sobre Lucas Ottoni

Carioca, 31 anos, jornalista. Torcedor do Hornets desde 1995, quando a franquia ainda se localizava em Charlotte. Acompanhou jogadores como Larry Johnson, Muggsy Bogues, Dell Curry, Glen Rice, Vlade Divac, David Wesley, Eddie Jones, Jamal Mashburn e Baron Davis brilharem com a camiseta dos zangões. Também vibrou com a dupla Chris Paul e David West na terra do jazz. Em 2010, assistiu a 3 jogos do Hornets, ao vivo, na New Orleans Arena.
Esse post foi publicado em Resumo e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para RESUMO – GRIZZLIES 91 X 98 HORNETS

  1. Bruno Huth disse:

    vitoria mto mto mto mto mto importante!!

    nao perdemos uma posiçao e acabamos ganhando uma!!

    e sem west ainda!!

    essa é pra comemorar, gurizada!!

    e q venha o cavaliers!!

  2. Bruno Huth disse:

    ah.. e sem ariza tbm!!

    monty abusou de colocar armadores e deu certo!!

    todos foram bem.. verde, beli, jack e ele.. CP3!!!!!!!!!!!!!!

  3. Lucas Ottoni disse:

    Sim, Bruno. Vitória muito importante mesmo.

    E o Aaron Gray quase me leva à loucura… rsrsrs

  4. Samuel disse:

    Ursinho bom eh ursinho vencido!!!
    GO HORNETS!!!

  5. Rafao disse:

    soh falo uma coisa : LANDRY!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s