RESUMO – BLAZERS 103 X 96 HORNETS

O New Orleans Hornets (33-25) colecionou mais uma derrota no início desta quinta-feira (para o Brasil), quando perdeu para o Portland Trail Blazers (32-24), por 103 a 96, no Rose Garden, em Portland. Com o resultado, o time da Louisiana acumula apenas 2 vitórias nos últimos 11 jogos. Além disso, os zangões acabam de perder a quinta colocação da Conferência Oeste justamente para a equipe do Oregon. A parada para o All-Star Weekend, que começa nesta sexta-feira (18/02), é tudo o que o Hornets precisa para organizar a casa e voltar a vencer (o retorno de Emeka Okafor também é fundamental). Caso contrário, a vaga aos playoffs pode começar a ficar ameaçada.

– O jogo

Com um Rose Garden lotado, o Blazers resolveu mostrar logo ao Hornets quem é que dá as cartas em Portland. Empurrados por sua animada torcida, os donos da casa imprimiram um ritmo forte desde o início. Contando com uma ótima atuação de Lamarcus Aldridge, o Blazers chegaram a estar vencendo o primeiro quarto por 8 pontos de diferença (22 a 14), mas o Hornets se mantia na partida com as boas investidas de Willie Green e David West. Entretanto, Aldridge estava impossível e, tendo o ala Wesley Matthews como seu fiel escudeiro, ele levou o Blazers a vencer o primeiro período por 9 pontos: 35 a 26.

No segundo quarto, o Hornets mostrou a força de sua defesa (uma das melhores da NBA) limitando o Blazers a apenas 13 pontos. Apesar disso, o time sentia dificuldades no garrafão, onde Aldridge seguia desequilibrando. Matthews e o espanhol Rudy Fernandez também prejudicavam os zangões com chutes certeiros do perímetro. Contudo, os visitantes respondiam com as jogadas de Willie Green e Trevor Ariza, que tiveram belas atuações. E mesmo em noite apagada do craque Chris Paul, o Hornets virou o placar e foi para o intervalo vencendo por um ponto: 49 a 48.

Mostrando que não iria se incomodar com a pressão da barulhenta torcida de Portland, o Hornets voltou do intervalo mantendo a boa pegada do fim do primeiro tempo. Mesmo sofrendo com as boas jogadas do armador Andre Miller para Aldridge e Matthews, a equipe da terra do jazz se defendia bem e contava com uma boa transição da defesa para o ataque. Além disso, David West acertava seus arremessos e fazia a diferença no placar aumentar ainda mais a favor dos zangões, que fecharam o terceiro quarto vencendo por 76 a 70. Parecia que o New Orleans Hornets finalmente voltaria a vencer. Mas só parecia…

Tendo uma atuação ruim no quarto e decisivo período, o Hornets não conseguiu parar Lamarcus Aldridge, que vem sendo o líder da equipe de Portland. Miller também se destacou no fim, e o Blazers virou a partida restando pouco mais de 3 minutos no relógio. Errando no ataque e desperdiçando alguns lances livres, o Hornets foi vencido pelo desespero. Quando o placar marcava 94 a 89 a favor dos donos da casa, Chris Paul ainda tentou conduzir os zangões à virada. No entanto, o craque se deixou levar pelo nervosismo e errou lances que não costuma errar. O Blazers se aproveitou e fechou o duelo em 103 a 96. Bendita seja a parada para o All-Star Weekend.

– Destaques:

* Hornets:

-> David West: 27 pts, 5 rebs, 1 stl, 1blk;

-> Willie Green: 24 pts, 6 rebs;

-> Trevor Ariza: 16 pts, 9 rebs, 6 ast, 3 stls

* Blazers:

-> Lamarcus Aldridge: 34 pts, 7 rebs, 4 ast, 1 stl, 1 blk;

-> Wesley Matthews: 24 pts, 8 rebs, 2 ast;

-> Andre Miller: 18 pts, 7 ast, 4 rebs, 1 blk

– Público: 20,650

– Próximo jogo do Hornets: quarta-feira, 23/02/11, @ LA Clippers

Anúncios

Sobre Lucas Ottoni

Carioca, 31 anos, jornalista. Torcedor do Hornets desde 1995, quando a franquia ainda se localizava em Charlotte. Acompanhou jogadores como Larry Johnson, Muggsy Bogues, Dell Curry, Glen Rice, Vlade Divac, David Wesley, Eddie Jones, Jamal Mashburn e Baron Davis brilharem com a camiseta dos zangões. Também vibrou com a dupla Chris Paul e David West na terra do jazz. Em 2010, assistiu a 3 jogos do Hornets, ao vivo, na New Orleans Arena.
Esse post foi publicado em Resumo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para RESUMO – BLAZERS 103 X 96 HORNETS

  1. Miguel Lemos disse:

    quando CP3 joga mal não tem jeito.. é derrota

    tá feia a coiza..

  2. Pingback: A HORA DE REFORÇAR É AGORA | NOHORNETSBRASIL

  3. Lucas Ottoni disse:

    É verdade, Miguel. Mas o time também está sentindo muito a falta do Okafor. Ele vinha tendo uma ótima temporada antes de se machucar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s