RESUMO – WARRIORS 102 X 89 HORNETS

Vivendo um péssimo momento, o New Orleans Hornets (33-24) acabou superado pelo irregular Golden State Warriors (25-29), por 102 a 89, no início desta quarta-feira (para o Brasil), na ORACLE Arena, em Oakland. Com o resultado negativo, os zangões alcançam a preocupante marca de 8 derrotas nos últimos 10 jogos. Mesmo assim, o time ainda permanece na quinta colocação da Conferência Oeste, sendo seguido cada vez mais de perto pelo Portland Trail Blazers (31-24).

– O jogo

Tudo parecia que iria correr bem para os zangões. O Hornets abriu 7 a 0, com apenas 2 minutos de partida, e o Warriors começou errando bastante no ataque e permitindo ao rival manter o controle do jogo. Para piorar a situação do time de Oakland, o armador Stephen Curry cometeu duas faltas em Chris Paul e foi para o banco com apenas 06:51 no relógio. A partir daí, CP3, com lindas jogadas, fazia a diferença a favor dos visitantes, mas o craque Monta Ellis respondia, mantendo o Warriors no jogo. Entretanto, os erros ofensivos do time da casa se sucediam, e isso acabou facilitando a vida da equipe da Louisiana, que venceu o primeiro quarto por 32 a 22, com boas atuações de Chris Paul e Trevor Ariza.

No segundo quarto, à exceção de Ariza, o Hornets iniciou com uma formação reserva. Sem Okafor, ainda machucado, o time de New Orleans começou a mostrar sua maior limitação: a dificuldade para apanhar rebotes. O Warriors errava seus arremessos, mas sempre conseguia segundas chances, principalmente com Vladimir Radmanovic, que superava Jason Smith e conseguia pegar rebotes embaixo da cesta. Com 08:48 no relógio, Marcus Thornton acabou desarmado por Charlie Bell. No contra-ataque, o armador novato Jeremy Lin fez a vantagem do Hornets cair para 9 pontos: 39 a 30.

Dessa forma, o técnico Monty Williams pediu tempo técnico para organizar a casa. Pouco adiantou, pois o Hornets seguia permitindo rebotes ofensivos aos anfitriões. Com Radmanovic muito bem no jogo, a torcida de Oakland se inflamou e empurrou o time, que reduziu o placar a 43 a 37 para os visitantes. Nem o retorno de Chris Paul à quadra fez o Hornets reagir. Com uma bola de três de Monta Ellis, o Warriors virou o jogo para 47 a 46, com 03:43 no relógio. A ORACLE Arena “explodia” com gritos e comemorações. Trevor Ariza respondeu com outra cesta de três, mas o Hornets acabou errando demais no fim do primeiro tempo. Com Dorell Wright preciso, o Warriors venceu a metade do jogo: 58 a 53.

Após um péssimo segundo quarto, o time de New Orleans retornou do intervalo com seu quinteto inicial. Mais aceso, o Hornets voltou a comandar o placar, fazendo 61 a 60 em menos de três minutos. No entanto, duas bolas de três seguidas do armador Stephen Curry recolocaram o Warriors na dianteira: 68 a 61. Com diversos erros, no ataque e na defesa, o time da Louisiana assistia aos donos da casa tomarem conta da situação. Com boa participação do ala-pivô David Lee, o Warriors chegou a abrir 8 pontos de vantagem: 71 a 63. E a situação dos visitantes se tornava cada vez pior. Com um show de enterradas e arremessos de três e com a defesa do Hornets adormecida, o Warriors acabou fechando o terceiro quarto em 83 a 71.

Com uma desvantagem muito grande no último período, o Hornets mostrou como se ressente da ausência de seu pivô titular Emeka Okafor. Além de sofrer nos rebotes, jogadores como o importantíssimo David West mostram uma clara queda de rendimento desde que Mek começou a desfalcar o time. Completamente perdida no jogo, a equipe da Louisiana não teve forças para reagir e viu o Golden State aumentar ainda mais sua vantagem para fechar o duelo em 102 a 89. Aos fãs do Hornets, só resta uma coisa a fazer: rezar pelo retorno de Okafor. E o mais rápido possível.

– Destaques:

* Hornets:

-> Chris Paul: 11 pts, 10 ast, 4 rebs;

-> David West: 15 pts, 7 rebs;

-> Trevor Ariza: 11 pts, 6 rebs, 4 ast;

-> Marco Belinelli: 15 pts
 
* Warriors:

-> Monta Ellis: 21 pts, 3 ast, 2 stls;

-> Dorell Wright: 16 pts, 5 ast, 5 rebs, 2 stls, 2 blks;

-> Stephen Curry: 14 pts, 8 ast;

-> David Lee: 16 pts, 4 rebs, 3 ast

– Público: 18,276

– Próximo jogo do Hornets: quarta-feira, 16/02/11, @ Portland

Anúncios

Sobre Lucas Ottoni

Carioca, 31 anos, jornalista. Torcedor do Hornets desde 1995, quando a franquia ainda se localizava em Charlotte. Acompanhou jogadores como Larry Johnson, Muggsy Bogues, Dell Curry, Glen Rice, Vlade Divac, David Wesley, Eddie Jones, Jamal Mashburn e Baron Davis brilharem com a camiseta dos zangões. Também vibrou com a dupla Chris Paul e David West na terra do jazz. Em 2010, assistiu a 3 jogos do Hornets, ao vivo, na New Orleans Arena.
Esse post foi publicado em Resumo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para RESUMO – WARRIORS 102 X 89 HORNETS

  1. Bruno Huth disse:

    até pro warriors estamos perdendo.. ki fase

    e concordo com o texto do lucas: sem okafor, o west tem jogado pior mesmo

    o negao tá fazendo mta falta a esse nosso time. aaron gray nao dá não

  2. Lucas Ottoni disse:

    Pois é, Bruno. A maré é ruim. Todos os times (exceto aquele Bulls do Jordan… rs) passam por esses momentos péssimos ao longo da temporada. E agora nós estamos passando por ele. O importante é vencer rivais do Oeste. Nossas duas últimas vitórias aconteceram contra Wizards e Magic, times do Leste. E os times do Oeste abaixo de nós estão chegando. Portanto, esse jogo contra o Portland será importantíssimo pra nós. É o famoso jogo de seis pontos… rs… mas sem o Okafor fica mto difícil.

    É esquecer essa derrota pro Warriors e seguir em frente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s